Implicações no uso de Embalagens Plásticas nos Cosméticos




Pensar que embalagens plásticas podem de alguma forma interferir na eficácia do seu cosmético ou mesmo afetar de forma direta ou indireta o meio ambiente parece inicialmente algo absurdo.


Porém quando pensamos no volume expressivo de embalagens plásticas que são utilizadas mundialmente na fabricação de cosméticos, associada ao uso de microplásticos na sua composição como também na interação da composição química do cosmético com a embalagem plástica que pode interferir na sua eficácia percebemos que as implicações podem ser realmente relevantes.


Muita informação né?! Então vamos começar pelo problema mais conhecido e bastante evidente no nosso dia a dia.


Entre no seu banheiro e veja rapidamente quantas embalagens plásticas de xampus, cremes, pasta de dentes, condicionador, loções e tantas outras embalagens de diversos cosméticos você utiliza com frequência.


Agora pense em quantas embalagens desses produtos você consome por ano e imagine que uma boa parte das pessoas no mundo inteiro tem um consumo médio dessas embalagens iguais ao seu ou maior. Se pensarmos que isso não se resume apenas a cosméticos a conta aumenta ainda mais. Embalagens plásticas, dependendo da sua composição, consomem uma grande quantidade de energia para serem fabricados, reciclados e muitos não podem ser reciclados por mais do que alguns ciclos de reciclagem.


Para piorar, alguns países - como o Brasil - adotam uma taxa extra de impostos para produtos de reciclagem tornando seu consumo ainda mais caro para o consumidor.


Como se todos esses problemas não fossem suficientes, alguns cosméticos utilizam na sua composição microplásticos, como esfoliantes, xampus, demaquilantes e outros produtos de higiene e beleza. Esses microplásticos não são retidos na purificação da água chegando aos mares e rios. Sua presença causa um desequilíbrio nas bactérias e microrganismos presentes na água, o que afeta peixes e outros animais que vivem naquele habitat.


Para finalizar, a composição de alguns produtos cosméticos e de higiene e beleza podem interagir com a formação do plástico utilizado para o envase do produto.


Essa interação pode promover uma pequena degradação do plástico liberando fragmentos que interagem com o cosmético assim como os microplásticos, e alguns destes fragmentos são ainda menores em tamanho do que os microplásticos sendo ainda mais imperceptíveis.


Bom, olhando todos esses problemas em perspectiva percemos que utilizar embalagens plásticas na produção cosmética é bem mais prático pois a embalagem é bastante resistente, torna o produto comercial mais acessível e barato além de facilitar durante sua utilização.


Agora se observarmos todos os problemas e implicações que podem ser causados pelo uso indiscriminado de embalagens plásticas percebemos que ignorar o problema não é a solução.


Se você quer utilizar um produto cosmético de qualidade e se manter antenada nos conceitos de sustentabilidade, prestar atenção no que você consome é ESSENCIAL.


Para pensarmos...


Quer saber mais detalhes de cada um desses problemas? Quer mais informações de como escolher o cosmético mais ecologicamente correto? Então deixe sua mensagem ou sugestão de tema nos comentário! 🍃🌍


~ Intrínseca Cosméticos cuidando da sua pele naturalmente ~


FONTE:

PNUMA - Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente - www.unep.gov (acesso 18/10/2021 14:35)

2 visualizações0 comentário