Cosméticos Orgânicos e as Certificações Internacionais



Ultimamente os cosméticos naturais têm estado em bastante evidência no mercado de saúde, beleza e bem estar. O que se esclarece pouco sobre esses cosméticos é que eles podem ser orgânicos, naturais e/ou veganos e não possuem o mesmo significado como muitas pessoas pensam por aí. Suas composições, efeitos e aplicabilidade podem ser diferentes entre si e por isso são diferenciados nas suas certificações, sejam nacionais ou internacionais.


Por definição, Cosméticos Orgânicos são compostos por matéria prima de origem orgânica (cultivo orgânico certificado). Sendo assim, este é um tipo de cosmético que precisa de fornecedores de matéria prima certificados e de um processo de fabricação que garanta a pureza de sua composição.


Porque isso?


O Cosmético Orgânico além de ser natural também garante que a matéria prima extraída dos substratos naturais não apresentem contaminação por pesticidas ou outros compostos químicos utilizados para manutenção e otimização do plantio e colheita. Além disso garante a pureza de nutrientes e princípios ativos presentes nos substratos naturais utilizados na sua composição. Porém, para certificar de que todas as regras de plantio orgânico foram obedecidas e a matéria prima utilizada no cosmético seja caracterizada como orgânica é preciso que haja uma vistoria e certificação, garantindo sua qualidade e procedência.


Essas certificações podem ser nacionais (Brasil) ou Internacionais (EUA, Europa ou Mundo). No Brasil, a IBD é a maior certificadora de produtos naturais, orgânicos e de fabricação justa da américa latina. Dentre as suas certificações a IBD Produtos Orgânicos é a certificação indicada para comprovar a procedência da matéria prima e composição dos produtos orgânicos. Na Europa, a ECOCERT é a certificadora de produtos naturais e orgânicos mais conhecida e requisitada em todo mundo sendo desejada pelos produtores e pelas grandes marcas de cosméticos quando o assunto é certificação internacional. Já a USDA Organic (estados unidos) certifica desde pequenas produções orgânicas até marcas de cosméticos orgânicos e apesar de ser valida nos Estados Unidos é bastante aceita em toda Europa e demais países apesar de ser pouco conhecida no Brasil. O processo de certificação é demorado e pode durar de meses a alguns anos de espera e muitos gastos. Portanto, se seu objetivo é certificar alguma marca de cosméticos comece desde já a escolher fornecedores já certificados, empresas de fabricação terceirizada já certificadas e estruture a sua empresa para seguir todos os passos necessários para tornar seu processo futuro de certificação mais fácil e rápido.


Quer saber mais sobre as certificações nacionais e internacionais de cosméticos naturais, orgânicos e veganos? Então deixe o seu comentário e compartilhe com os amigos!



~ Intrínseca Cosméticos cuidando da sua pele e do meio ambiente naturalmente ~

0 visualização0 comentário