Cosméticos Convencionais: benefícios e possíveis complicações para pele



A indústria de cosméticos e produtos de higiene é uma das maiores e mais bem estabelecidas do mercado visto que esses produtos estão presente no nosso dia a dia seja em nossos hábitos de higiene ou nos cuidados diários com a nossa pele.


Para manter a qualidade e eficiência do produto cosmético é necessário que a composição contenha aditivos para: 1) combater e impedir a proliferação de fungos e bactérias; 2) manter a textura e homogeneidade dos componentes; e 3) garantir efeitos imediatos ao uso; dentre outros.


Quanto maior a eficiência desses aditivos nos produtos cosméticos maior será a durabilidade do produto e a possibilidade de produção em massa o que diminui o valor de obtenção e possibilita um maior lucro na venda!


Porém, apesar desses aditivos serem tão vantajosos para a fabricação desses cosméticos, sua utilização a longo prazo - ou em excesso - podem acarretar em danos a pele, desde um desequilíbrio até uma lesão mais grave ou crônica.


Abaixo segue uma lista dos principais componentes que devem ser evitados nos cuidados com a sua pele:


* TRICLOSAN/TRICLOCARBAN: ambos são um potente bactericida presente em sabonetes, pastas de dente e desodorantes e outros itens de higiene. Justamente pela variedade de produtos em que podem ser encontrados é fácil alcançar seu uso indiscriminado o que pode gerar um desequilíbrio na flora cutânea, sensibilidade e um desequilíbrio no sistema imunológico geral;


* PARABENOS/LAURIL SULFATO (Na+): ação antimicrobiana e antifúngica entre os produtos que podem conter os PARABENOS estão os desodorantes, hidratantes, loções e óleos corporais dentre outros sua utilização a longo prazo interfere no sistema endócrino sendo considerado um disruptor endócrino por afetar a liberação e regulação hormonal; o LAURIL SULFATO (Na+) é um tensoativo responsável por retirar oleosidade, produzir espuma e permitir a penetração da água na pele ou nos cabelos. Ele pode ser encontrado em diversos cosméticos e pode desencadear reações alérgicas severas tópicas e sistêmicas;


* COCAMIDA DEA: encontrado em cosméticos e shampoos considerado com potencial carcinogênico após longo prazo pois apresenta um comportamento acumulativo na pele, não sendo degradado;


* BHA e BHT: são aditivos encontrados em loções faciais e antitranspirantes classificados com potencial carcinogênico moderado para seres humanos, baseados em resultados de experimentos científicos;


* FTALATOS (fragrâncias artificiais): encontrados em perfumes, cosméticos e outros produtos sendo responsável pelo aroma artificial, podendo causar alterações no sistema endócrino ou desencadear reações alérgicas e seus sintomas como irritação de pele e dores de cabeça;


Apesar das funções imprescindíveis de cada um desses aditivos cosméticos que estão presentes no nosso dia a dia, o risco à saúde da sua pele é muito maior.


Existem alternativas viáveis e 100% naturais para cada um desses componentes, porém a biodisponibilidade de cada um deles somado ao valor de obtenção sustentável/produção inibe algumas grandes empresas de seguirem esse caminho. Você pode e DEVE cuidar bem da sua pele, prefira produtos 100% naturais!


A Intrínseca Cosméticos acredita que é possível mudar, e utiliza aditivos 100% naturais em TODAS FORMULAÇÕES, venha conhecer!


Gostou desse conteúdo? Quer saber mais sobre esse tema?


Então curta ✔, salve ⭐ e compartilhe 📲 esse texto e ajude para que cada vez mais pessoas tenham acesse a esse conteúdo.


Por Ísis S. Oliveira



FONTE:

1) Agência Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA (2020);

2) Agência Internacional de Pesquisa sobre Câncer - IARC (2021);

1 visualização0 comentário